ROGÉRIO DÁ NA CARA DE CARLOS: "Esse Cidadão não trabalha. Deve ser muito rico."

 


O pré-candidato a senador Rogério Marinho (PL) rebateu nesta segunda-feira (4) as críticas que vem recebendo do seu provável adversário na campanha, o também pré-candidato Carlos Eduardo Alves (PDT). As declarações foram dadas em entrevista à 96 FM.

Chamado pelo ex-prefeito de Natal de “carrasco do trabalhador”, por sua atuação na reforma trabalhista, o ex-ministro do Desenvolvimento Regional declarou que Carlos Eduardo é “a pessoa menos qualificada para falar de trabalho”, já que, segundo ele, não trabalha.

“A pessoa menos qualificada para falar de trabalho é Carlos Eduardo. Ao que me consta, ele saiu do governo do município em março de 2018 (na verdade, foi abril), eu só vejo na rede social ele tomando banho de mar, água de coco, viajando para Orlando, caminhando na beira da praia… Esse cidadão não trabalha. Deve ser muito rico, deve ter muitas rendas para viver sem trabalhar. Há quatro anos não trabalha. Quer falar de trabalho?”, afirmou Rogério Marinho.

Na entrevista, Rogério Marinho defendeu a reforma trabalhista e afirmou que as mudanças aprovadas no fim do governo Michel Temer (2016-2018) modernizaram a lei. Ele rechaçou a tese de que o trabalho foi precarizado após a reforma e registrou que a informalidade é um fenômeno histórico no Brasil e que não foi inaugurado com a reforma.

O ex-ministro declarou que topa debater com Carlos Eduardo sobre a reforma trabalhista, mas enfatizou: “Eu acho importante que o debate seja feito sem palavra de ordem, sem narrativa”.

Via 98 FM

Postar um comentário

0 Comentários