QUEM VAI RESSUCITAR CARLOS ALVES ?

 



Não há nessa cidade um político que possa dar boas referências de Carlos Eduardo Alves como alguém que cumpre acordos políticos.

Outro dia aqui neste Blog relatei sua trajetória de traições com vários personagens da sua vida política, principalmente com Wilma de Faria a mulher que foi responsável pela sua ascensão política.

A falta de compromisso com os aliados é o principal motivo do isolamento que Carlos Alves vive hoje. 

O ex-prefeito que sempre foi dependente de terceiros,  leia-se Wilma de Faria e Henrique Alves, acabou esquecido na história pelo sucesso da administração Álvaro Dias, seu vice que achou que seria um mamulengo seu, ledo engano.

Antes o Natalense estava "satisfeito" com a gestão de Carlos, sem se dar conta que vivíamos no atraso.

Hoje, ao observar uma cidade em pleno crescimento e com obras importantes sendo realizadas, sem perseguições contra adversários e outras coisas mais, nos damos conta do quão atrasados éramos.

Sem conseguir espaços na chapa majoritária da oposição já que ninguém confia nele, Carlos Eduardo tenta ser o senador de Fátima Bezerra. E não tem nenhum crime nisso. A possibilidade só fica feia pelo fato de Andréa Ramalho, mulher de Carlos, ter esculhanbado a governadora três anos atrás. 

Caso não consiga compor a chapa com Fátima,  Carlos Eduardo terá dificuldades até mesmo de ser deputado estadual ou federal. No seu partido o PDT, não tem nominata. Os cinco vereadores da legenda em Natal não confiam e não votam nele.

Quem planta traição colhe solidão.

Postar um comentário

0 Comentários