MA-NOA: AÇÃO DA PREFEITA NIRA PODE SALVAR O PARQUE

 



A Prefeita de Maxaranguape Professora Nira que assumiu recentemente o cargo após a renúncia do então Prefeito Luiz Eduardo Bento da Silva, precisa tomar medidas urgentes para sanar o caos que se instalou no município após o fechamento e depredação das instalações do Ma-Noa Parque. 

O parque aquático que durante muitos anos foi o motor de desenvolvimento do município encerrou suas atividades pela má gestão de seus administradores. Ocupando uma extensa área entre as Praias de Caraúbas e Maracajaú, o parque pertence a um grupo Espanhol. 

Mesmo sendo um bem privado, o município pode intervir para evitar que os problemas gerados pelo fechamento, piorem.

E onde entra o Poder Público nisso ?

A Prefeita de Maxaranguape pode, em conjunto com a Câmara, emitir um decreto desapropriando a área por claro interesse social, assim como preceitua o artigo 147 da Constituição Federal. Com tal medida, a Prefeitura poderia tomar para si a gestão da área até que outras medidas fossem tomadas.

Vale lembrar que o Parque mantém dívidas com o município de Maxaranguape. 

Em outra linha de atuação, a Prefeita Nira poderia atuar junto ao Tribunal Regional do Trabalho para acelerar o desfecho de várias ações de ex-funcionários que tramitam na corte.

Essas são as duas soluções viáveis para que o Ma-Noa não venha a ser destruído em sua totalidade, assim como aconteceu com o condomínio construído na entrada da Praia de  Caraúbas e que foi demolido por falta de força política junto aos órgãos ambientais. 

Com vontade política, esforço de todos o Ma-Noa tem jeito.

Nira tem a oportunidade de marcar um gol de placa. 

Postar um comentário

0 Comentários