CHANTAGEM BARATA: CARLOS EDUARDO QUER INDICAR PRIMA DA ESPOSA COMO VICE DE ÁLVARO

Carlos Eduardo admite apoio a Hermano, sem descartar Álvaro
Sempre que contrariado, o ex-prefeito revela comportamento agressivo
                



A chantagem sorrateira do ex-prefeito Carlos Eduardo contra o atual Prefeito de Natal Álvaro Dias (PSDB) não surtiu o efeito desejado. Vivendo em um ostracismo político depois de ter renunciado ao cargo de prefeito para disputar, sem sucesso, o governo do Estado em 2018, Carlos Eduardo está com abstinência de poder. 

Sem poder disputar a Prefeitura do Natal em 2020, restando apenas a possibilidade de concorrer a uma vaga na Câmara, mesma esfera de Poder que apontou o dedo e disse que  valiam tanto quanto "um palito do fósforo queimado", o ex-prefeito de Natal exigiu a indicação de Aíla Ramalho para compor chapa com Álvaro. 

A reunião promovida no PDT, presidido por Carlos, com a bancada de nove vereadores, foi um fiasco. Após ressuscitarem o ex-prefeito, que não tinha nominata em seu partido, os vereadores foram surpreendidos pela imposição. 

Carlos bateu no peito e disse que o apoio ao atual prefeito está condicionado a aceitação de Aíla na chapa. Assim que a imposição chegou aos ouvidos de Álvaro Dias, foi descartada.

Álvaro apesar de reconhecer a importância do aliado (?), quer que ele mande uma lista de três nomes para avaliação. Da mesma forma que Carlos exigiu em 2016, onde disputavam a indicação Fred Queiroz, Marcelo Queiroz e o próprio Álvaro. 

Revoltado feito criança quando não ganha um brinquedo que tanto deseja, Carlos Eduardo Alves, foi para o twitter ebravejar e soltar indiretas. Acusou gestores de cometer ilicitos e também nepotismo.

Até estaria tudo certo se em suas passagens pela prefeitura o ex-dono de Natal não tivesse nomeado a esposa Andréa Ramalho, a prima Aíla e outros parentes na municipalidade.

O contra-cheque da prefeitura sempre caiu muito bem no orçamento do ex-prefeito de Natal e do seu núcleo familiar.

Estranho é que o ex-prefeito, tão ativo no twitter, não dê uma palavrinha sobre os problemas ocorridos no âmbito da sua administração.

Semana passada, mais precisamente dia 23 de Julho, a Operação Cidade Luz completou três anos. O rombo na SEMSUR foi desvendado pelo MP e delatores, inclusive amigos meus, citaram o ex-prefeito e pessoas próximas como o Babaloo do Lixo.

Carlos, o tempo em que você usava a sociedade Potiguar como armas para suas guerras políticas já passou. Quem lhe fez gente foi Wilma Maria de Faria, que lhe deu a mão quando sua família ALVES já desconfiava de você. Essa mesma Wilma foi traída por você anos depois.

Seu sucessor na Prefeitura, atuou fortemente na sua campanha para o governo, sabe o que você fez ? O traiu.


                   Carlos Eduardo Alves renuncia Prefeitura de Natal -

Álvaro trabalhava a candidatura de Adjuto Dias para deputado estadual e você mobilizou seus aliados para apoiarem outra candidata, com a clara intenção de inviabilizar a eleição do filho do seu aliado.

Traição é a maior marca do curriculo do ex-prefeito de Natal.

Cabe agora ao prefeito Álvaro Dias, fazer o que já era pra ter feito antes: Se livrar do peso-morto.

Carlos Eduardo não aguenta assistir o sucesso da atual administração, isso é uma tortura sem fim.

Postar um comentário

0 Comentários